quinta-feira, 13 de agosto de 2009

O tempo é a graça de Deus como um convite para crescermos



Cada dia que passa, temos a impressão que o dia findou-se mais rápido. Ele chega já com sol escaldante e adormece com ares de loucura. Me lembrei agora de algo que ocorria quando eu morei em Porto Velho-RO, em 1988. Às 22h, mais ou menos, a tevê local deixava de transmitir a sua programação. Sim, lembro disso porque, quando chegava o horário de verão, estávamos -2 horas em relação ao suldeste do Brasil.

A noite era mais discreta, escondida, surdina... O dia, mais evidente, explosivo, escancarado.

A noite era livre, fria, descansada... O dia, compromissado, calor, agitação.

E hoje? Como muitos dizem, a noite é uma criança, como se referindo à infância como o tempo que mais demora a passar em nossas vidas. Daí muitos os que apreciam a vida noturna parecem fazer questão de que este tema perdure.

O mundo pós-moderno então que o diga. Agora temos muitos ramos da economia que se proliferam na madrugada. Já ouviu falar em noites quentes, agitadas, aproveitada como se fosse dia?

Fora isto, o mundo que vive de dia, entra em contato com o mundo da noite, então, cada vez mais se dorme menos, se descansa menos, e ai mais rápido a roda gira. É esta energia que domina o mundo hoje.

A grande alavanca do nosso mundo está baseada em estudos e pesquisas que traçam um perfil e criou um público que consome aquilo o que durante o dia, não se consegue vender. Selecionaram segmentos que desempenham, tanto em casa, como na rua, um grande consumo do tempo disponível.

É, amigo, nunca ouviu a expressão, tempo é dinheiro? Pois bem, o que quero dizer pra você aqui é que um dos grandes consumidores de tudo é o tempo. O tempo devora tudo inclusive o homem, e daí se estabelece o medo do homem de ser consumido.

Os esforços são feitos a fim de retardar as ações do tempo. Se diminuem as distâncias, criam-se cosméticos, elaboram energias, reinventam relações e comunicações virtuais, potencializam saudades, etc.

Quer exemplos? as rodovias hoje são elaboradas para que o trajeto feito entre as principais cidades do Brasil aconteça o mais rápido possível; empresas admitem funcionários que façam seus próprios horários; cremes hoje já não somente para a pele, mas para cada região específica do corpo, fora isso tem o que hidrata, outro protege, outro pra dar cheiro; a tecnologia de energia limpa, como a heólica sempre existiu, mas só vamos produzir mesmo por conta que os combustíveis fósseis tem prazo certo para acabar; não são poucos os casos de namoros e casamentos que começam e terminam por causa de sites de relacionamentos como Orkut; leis que protegem os idosos só são criadas mesmo, porque o homem se vê, agora, em futuro detestável. Eu mesmo já escrevi muitas vezes "VC" pra não perder tempo escrevendo "VOCÊ".

O homem sem tempo é cada vez mais um homem morto. Ninguém consegue se imaginar sem ele, apesar de estarmos repetindo tanto a frase "estou sem tempo". Ele nos atinge e nos aflige. Ele age diretamente tanto no nosso psique, quanto no nosso físico. Passa silencioso e forte. A cada dia que passa, parece ser ganhar mais vigor.

Este tempo para o qual perdemos é um convite à uma consciência madura e plena. O tempo que passa e não volta era suficiente para nos mostrar um outro tempo, para o qual a gente acorda quando a gente morre para o anterior.

Todos os acontecimentos que nos envolvem e as configurações da sociedade é uma oportunidade de ser aproveitado quando é discernido do lado de dentro, visto que quando não há uma disposição para encarar as etapas da vida como escalas para uma consciência livre e própria, o homem se torna cada vez mais escravo de um permanente opressor, desenvolvendo a Síndrome de Gabriela: eu nasci assim... uma mente ameninada.

Seja razoavelmente bom com você mesmo. Não está na hora de você mudar algo dentro de você? Não está na hora de você agarrar algo com mais entusiasmo algo que está esquecido, do lado de dentro? Não quer, a partir de hoje experimentar uma nova consciência da você tenha medo de encará-la de frente?

Quer acordar para o tempo? pois caminhe com suas próprias pernas. Não adianta mais correr atrás dele. Pense, discirna, sinta. Há tempo para tudo, ou melhor, em tudo há o tempo.

Cada maturidade experimentada vem envolta da vontade de Deus: nos tornar conforme Seu Filho Jesus Cristo!

Morra para a tentativa desenfreada de conquistar a sua alma, ou a alma de alguém que você conhece, pois ela já foi conquistada. Nada é mais urgente que crer que Jesus é a plenitude do tempo, de todos os tempos, para que todos alcancem maturidade nas relações com o Pai e com os homens, e a única coisa que devemos fazer para desenvolvermos a nossa mentalidade é acolher, vestir, abrigar, saciar a fome e a sede, tão incondicionalmente, como Ele fez.

Acordar para o tempo tem a ver com a incondicionalidade e não com o que se faz para aproveitar o tempo. Acordar para o tempo é ter pequenos contatos com a eternidade de um coração pacificado pelo experimento de se fazer algo apenas por gratidão de poder fazer algo sem neura de tentar aproveitar o tempo. Assim você vai ser livre desse tempo que consome tudo.

Quer conversar mais sobre isso? Vem comigo, no Caminho eu te explico.

André Luiz
Caminho da Graça
Estação Aracaju
Postar um comentário